quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

E se?

A dúvida começa a enlouquecer-me. Não saber qual posição tomar é pior do que ser rejeitada.
Ouvi um alguém dizer - e essa sábia sou eu haha - que pior do que ter um amor não correspondido, é ter uma dúvida no coração. E com minhas experiências, posso lhes dizer, que minha tese é 100% correta. E ouvi - e dessa vez não fui eu quem disse - que "'E' e 'se' são palavras que por si, não apresentam nenhuma ameaça. Mas, se colocadas juntas, lado a lado, elas têm o poder de nos assombrar a vida toda. E se? E Se? E SE?". Isto deixou-me intrigada, insegura, com medo.
E se eu não jogar hoje, por medo de errar, será que amanhã quando eu criar coragem, não vai ser tarde demais? E se meus esforços não forem suficientes, serei obrigada a sofrer humilhação pública? E se o destino não estiver neste caminho, irei me perder? E se? Enlouqueço ao pensar nos possíveis resultados, perdas ou derrotas, felicidades ou tristezas, sorrisos ou lágrimas.
Metade de mim diz que devo seguir meus instintos e objetivos, ir até o fim e provar a todos que nada é impossível. Outra metade diz que devo pensar, raciocinar, e acima de tudo, ter certeza se vale a pena "perder tanto tempo" em um projeto que não sei se renderá lucros.
E se eu ouvir a emoção? E se eu ouvir a razão? Estas dúvidas continuam a atormentar meus dias e noites, transformando meus sonhos em pesadelos e meus dias de sol, em noites de tormenta...

2 comentários:

Pérola Irregular disse...

Realmente, essas duas palavrinhas podem assombrar muitas pessoas. Pode também forçar muitas situações e impedir outras.

O segredo é não pensar em simples suposições, pois pensar assim é imaginar algo que ainda não existe. Sonhos são bons, mas esse "e se?" serve apenas para criar barreiras naquilo que queremos. É evidente que não podemos ser radicais a ponto de desconsiderar todas as possibilidades. É preciso se utilizar do equilíbrio entre a probabilidade e o simples ato de "deixar a vida nos levar".

Beijos!

Luiza Nogueira Delamare disse...

Nossa, obrigada de coração por tuas palavras! Não sabe o quanto me ajudaram... Espero que um dia eu possa ajudá-la também viu?
Beijo grande, obrigada por passar por aqui :)